top of page

A presença digital da sua marca vs acessibilidade



Qual é a mensagem que a sua marca comunica nas redes sociais e nos mecanismos de busca? Bem, um dos principais desafios dos empreendedores é apresentar um bom conteúdo e chamar a atenção do usuário no meio de tanta informação e ofertas.


Assim, com uma proposta de valor bem clara, simples e fácil de explicar, sua equipe de vendas consegue agir mais como consultores e orientam a venda, colocando todo o poder nas mãos do consumidor.


Empresas que agem desse modo conseguem a confiança dos clientes, porque comunicam credibilidade, constroem relacionamentos de longo prazo e fidelizam o mercado. As vendas e o marketing são tarefas executadas de um modo bastante sutil e com boa educação. Nada de empurrar ofertas que não se conectam com a persona.


Você vai descobrir algumas boas estratégias de posicionamento digital lendo esse artigo. Os assuntos principais abordados serão:


  • Como a acessibilidade pode ajudar a sua marca ser encontrada no Google?

  • Acessibilidade pode ser um diferencial competitivo para a sua marca?

  • Por onde começar?


Qual é a essência da sua marca?


Organizações como empresas, empreendimentos, corporações ou startups são mais do que processos, tarefas, trabalho e tecnologia. São pessoas interagindo e trocando ideias que geram valor para o consumidor.


O lado humano é imprescindível nos modelos de negócios! Portanto, muitas vezes, uma marca forte consegue comunicar o sonho do founder (fundadora/fundador) de uma forma suave, marcante e muito tocante! Ideias viram empreendimentos porque conseguem se posicionar de forma única na imaginação e no cotidiano do público São maneiras de endereçar uma potente mensagem para os corações de toda uma audiência.


Agora, se sua empresa contar com um site que tenha uma boa navegabilidade e seja acessível para pessoas com deficiência, as chances do seu modelo inovador ser lembrado como mais humano e empático aumentam.


Afinal, num mundo tão cheio de novidades e onde a inovação tecnológica virou um commodity, como estar presente na memória afetiva da clientela e transformar sua persona numa fã apaixonada e defensora da sua proposta de valor?


O fato é que nada substitui o lado humano nas empresas. Sites que incorporam a acessibilidade ganham destaque.


O site “Olhar Digital" publicou o texto “Você sabia que a acessibilidade pode levar seu site no topo do Google” em 21/02/2018 valida o raciocínio citado acima.


De acordo com o texto, a tendência é que mais clientes acessem seu site se ele aparecer nas primeiras posições do Google. Então, melhorar a acessibilidade é uma estratégia para atingir um melhor ranqueamento. Na área do marketing, essa estratégia é chamada de "otimização de sites”.


O Google é um motor de busca. Dessa forma, o Google e demais buscadores usam algoritmos para saber qual é a posição que um site deve ocupar nos resultados de busca.

Existem diversos critérios que entram nesse mecanismo para sempre apresentar os sites mais relevantes para cada palavra-chave procurada.


Assim, se o site for acessível o suficiente para apresentar informações de valor para um número maior de internautas, ele tende a ocupar primeiras posições, porque o Google entende que ele é relevante e suficientemente intuitivo.


Um público com deficiência que pode acessar seu conteúdo com facilidade é um sinal que seu site é acessível e significante, o que é uma vantagem competitiva, pois consegue ranquear melhor.


Até sites mais intuitivos e navegáveis para idosos conseguem agregar esses diferenciais.


Esses critérios que o Google usa para aperfeiçoar as pesquisas constituem o SEO (sigla inglesa para "Otimização para Motores de Busca”). Portanto, a acessibilidade está muito alinhada com SEO! Veja 3 motivos para entender o porquê disso acontecer:


  • Sites mais amigáveis e acessíveis são percebidos como uma estrutura melhor, mais relevante e que entrega o que o usuário procura sem que a deficiência dele interfira nessa interação. Isso porque o site conta com recursos específicos para garantir uma melhor e mais fluída navegação;

  • Programadores, redatores, marqueteiros e designers que focam em melhorias constantes na UX (experiência do usuário). Elementos como o próprio modo como os textos de blogs aparecem podem interferir e impactar a navegação e acessibilidade, por exemplo. É preciso “vestir os sapatos do cliente”.

  • Comece pelo simples! Adaptações de acessibilidade não fogem dos conhecimentos básicos de profissionais que lidam com tecnologia.

A conclusão é bastante óbvia: você estará sempre em posições bastante vantajosas nos resultados de busca se o negócio tiver o maior número de recursos num site para facilitar a navegação de usuários com diferentes deficiências.


Isso é uma oportunidade incrível para divulgar a sua marca e fortalecer sua presença digital.



Como incorporar o acesso?


O Perto Digital fornece todos os recursos exigidos para que seu negócio esteja mais alinhado com as demandas e necessidades do público de qualquer deficiência.


Oferecemos soluções que trazem maior praticidade para o seu usuário, garantindo um melhor posicionamento de sua marca. Clique aqui para conferir.


Comments


© 2022 Perto Digital. Todos os direitos reservados

bottom of page