top of page

Tecnologia Assistiva: como usá-la para acessibilidade na sua empresa?


No presente artigo, o conceito de tecnologia assistiva será apresentado, assim como a importância dela para a inclusão da diversidade. Desse modo, o texto responde às perguntas principais:


- O que é Tecnologia Assistiva?

- Por que preciso pensar em acessibilidade para minha marca?

- Consigo atrair mais público utilizando a Tecnologia Assistiva?


Inovação para incluir


Um dos propósitos da Lei 10.098, de 19 de Dezembro de 2000 é estabelecer normas gerais e critérios básicos para promover a acessibilidade das pessoas com deficiência. Neste ponto, ela oferece uma boa explicação sobre tecnologia assistiva.


Logo no Art. 2º, a lei traz a seguinte definição básica:


“VIII - tecnologia assistiva ou ajuda técnica: produtos, equipamentos, dispositivos, recursos, metodologias, estratégias, práticas e serviços que objetivem promover a funcionalidade, relacionada à atividade e à participação da pessoa com deficiência ou com mobilidade reduzida, visando à sua autonomia, independência, qualidade de vida e inclusão social.”


Como funciona esse conceito na prática? Algumas pistas podem ser encontradas no artigo “Mundo tem 1 bilhão de pessoas com deficiência excluídas de tecnologias de apoio” assinada por Maxime Nama da UNOCHA (Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários) e publicado no dia 16 de maio de 2022 no site “ONU News”:


O texto se baseia num relatório da própria ONU. Conforme o documento, existem mais de 2,5 bilhões de pessoas que precisam de recursos como cadeiras de rodas, aplicativos de auxílio ou aparelhos auditivos para a cognição e comunicação. Todos esses recursos apontados anteriormente são exemplos de tecnologias assistivas;

Mesmo que o documento seja de 2022, algumas conclusões permanecem sempre válidas: o acesso aos sistemas de saúde, assistência social e educação deve ser uma prioridade.

Além disso, a inclusão só pode ser promovida assegurando critérios como disponibilidade, segurança, eficácia e o uso de tecnologias assistivas. O foco na diversificação e o envolvimento ativo dos usuários na tecnologia e suas famílias deve ser outra prioridade. A inovação tecnológica deve acolher os muitos tipos de deficiência e ser validado pelo próprio usuário e pelas famílias deles. Isso é colocar as pessoas no centro da ideação, validação e execução dos processos.

A disponibilidade e o acesso aos recursos certos devem ser acompanhados com um aumento na conscientização sobre a importância do uso da tecnologia assistiva no aumento da qualidade de vida.

Obstáculos que impedem o acesso às tecnologias assistivas não são só violações aos direitos humanos. O investimento nesses produtos e serviços podem fazer com que as pessoas desenvolvam todo o potencial delas. Logo, a acessibilidade não é somente uma questão legal. É uma oportunidade de movimentar a economia.

O texto cita pesquisas anteriores que apresentam os principais entraves para o acesso às tecnologias acessíveis:

  • falta de conscientização do público-alvo;

  • serviços, produtos e variedades com preços inacessíveis e em quantidades inadequadas;

  • desafios para compras e cadeia de suprimentos.


Bem, as definições acima traduzem o que é tecnologia assistiva e a importância dela para as pessoas com deficiência. Agora, por que sua empresa deve investir em acessibilidade e o porquê dela trazer mais consumidores?


Qualidade de vida em primeiro lugar


Empresas e marcas mais empáticas percebem que a tecnologia assistiva pode gerar conexões mais genuínas com o mercado. Afinal, esse tipo de progresso tecnológico simplifica e facilita o cotidiano dos usuários. Um site que conta com recursos específicos para ser acessado por pessoas com deficiência gera maior engajamento e fornece uma experiência única para a audiência.


Existem tecnologias assistivas físicas como cadeira de rodas e pisos táteis, assim como há maneiras de promover a inclusão digital.


Não importa o nicho, serviço ou produto comercializado da sua empresa: uma comunicação mais estratégica que atinge um maior segmento de clientes é sinônimo de atração de mais consumidores e expansão da base.


Conforme o artigo extraído do site da ONU, o público precisa ser informado sobre o direito dele em usufruir de tecnologia assistiva. Portanto, quanto mais pessoas com deficiência conseguirem acessar seu site empresarial, maior é o potencial de penetração do seu marketing. Até porque recursos digitais mais amigáveis e intuitivos estimulam o usuário a recomendá-los para mais pessoas, consolidando uma base de fãs da sua marca.

E é hora de cultivar um pensamento mais abrangente. A inclusão digital atrai um maior número de pessoas para os ecossistemas de inovação, gerando mais insights, modelos de negócios mais inovadores e Startups com foco maior no usuário.


Uma navegabilidade mais fácil não é só um diferencial competitivo para o seu empreendimento! É um impacto capaz de transformar o ambiente de negócios em um cenário mais inclusivo e convidativo para toda a diversidade.


Conheça as soluções do Perto Digital


Foram citadas as barreiras para o público se conectar com tecnologias assistivas no início do presente artigo. As soluções da Perto Digital conseguem driblar todos esses desafios.


Temos plugins específicos para que o seu site seja atrativo para qualquer usuário.


Adaptamos o seu conteúdo e as suas informações ao contexto das pessoas com deficiência. Nossos serviços priorizam a diversidade e a qualidade, atendendo as mais diversas necessidades do seu usuário com deficiência. Ofereça uma experiência inesquecível para seu cliente.


Venha conhecer as soluções do Perto Digital.


Comments


© 2022 Perto Digital. Todos os direitos reservados

bottom of page