top of page

Qual é a conexão entre as profissões do futuro e a acessibilidade para sites?


Ilustração abstrata de pessoas conectadas por linhas e pontos numa rede.


Por que as profissões do futuro e a acessibilidade para sites estão alinhadas?

 Você vai descobrir a resposta neste texto!

Há uma razão fundamental para a inclusão digital ser considerada um motor impulsionador da economia e geradora de novas profissões digitais.  


Um caso prático pode ser bastante revelador. Por isso, um exemplo será mostrado para facilitar a compreensão. Posteriormente, será examinado como um amanhã sem barreiras está associado com profissões do futuro. 

Este artigo é essencial para empreendedores e para a área de Recursos Humanos que buscam insights sobre o futuro das novas carreiras profissionais.


Assim, será mais fácil realizar uma gestão de talentos alinhada com inovação e inclusão digital.


Um exemplo prático da conexão entre profissões do futuro e a acessibilidade para sites


As carreiras profissionais são continuamente transformadas ou extintas devido ao avanço tecnológico. Empresas inovadoras requerem talentos dotados de conhecimentos técnicos específicos, alinhados às necessidades do mercado.


Em outras palavras, empreendimentos só existem com equipes formadas por pessoas que atuam em campos profissionais inovadores.


A Classificação Brasileira de Ocupações (CBO) tem como objetivo identificar ocupações no mercado de trabalho. Sendo assim, a CBO é um documento que reconhece e nomeia as características das ocupações no mercado de trabalho.


Tal documento sempre é atualizado em virtude das alterações na economia. 


 Pessoas que atuam na ocupação “profissionais da escrita”, podem receber o título de:

  • Autor-roteirista;

  • Crítico;

  • Escritor de ficção;

  • Escritor de não ficção;

  • Poeta;

  • Redator de textos técnicos.

Dentro da CBO, o redator de textos técnicos é identificado pelo código 2615-30.

A CBO consegue ser bem específica e direta ao ponto!

O profissional da escrita tem uma área de atividades “escrever textos”. Essa área engloba atividades bem mais específicas como:


  • Adequar linguagem ao público alvo;

  • Utilizar recursos retóricos para sedução dos leitores;

  • Escrever de acordo com as especificidades do gênero da obra;

  • Elaborar e reelaborar o texto;

  • Justificar as idéias apresentadas no texto técnico, didático e científico.


Como sites acessíveis geram demandas para novas profissões?


A acessibilidade para sites cria demanda para novas profissões porque agregam inovação. Um exemplo é o empreendedor que decide comunicar seus diferenciais através de um blog com recursos acessíveis.  


Como haverá mais usuários acessando o blog em virtude da inclusão digital, o blog agregará:


  • credibilidade e autoridade para a marca;

  • maior número de vendas fechadas;

  • melhor ranqueamento no Google, redes sociais e motores de busca.


Esse contexto de novas ferramentas online requer especialistas e equipes com saberes profissionais. O já citado blog demanda um profissional da escrita como um redator técnico.


Todas as atividades que ele executa podem ser incorporadas no empreendimento e na escrita de textos para o blog. 


Adequar linguagem ao público alvo: é alinhar as palavras do texto com o nível de entendimento dos leitores. Uma proposta de negócios ou texto post no blog só atingirá o coração da audiência com essas adequações;


  • Utilizar recursos retóricos para sedução dos leitores: usar as palavras com o propósito de persuadir e convencer os clientes. Um bom texto pode fazer muita diferença para educar o mercado. Nesse ponto, o redator pode explorar as emoções da plateia com palavras que geram curiosidade e interesse.


  • Escrever de acordo com as especificidades do gênero da obra: essa atividade pode ser entendida como apresentar um texto de blog de acordo com as especificidades do negócio. Usar palavras de acordo com uma linguagem B2B pode ser útil para negócios que vendem para empresas, por exemplo.


  • Elaborar e reelaborar o texto: é a tarefa que consiste em criar artigos para blogs com o objetivo de apresentar os benefícios oferecidos pela empresa.


  • Justificar as ideias apresentadas no texto técnico, didático e científico: o redator precisa aprofundar os textos com ideias, dados e informações capazes de agregar confiabilidade. Um restaurante precisa justificar o porquê da sua comida ser saudável se o diferencial dele for alimentação nutritiva.


A escrita é uma habilidade básica para a comunicação!


Só que essa mesma habilidade assumiu uma nova roupagem e função nessa nossa economia 4.0. A mesma coisa pode ser dita em exemplos como:


  • um vendedor que utiliza seu conhecimento em vendas para convencer possíveis compradores numa reunião virtual;

  • uma psicóloga que atende via videoconferência;

  • um programador que precisa conhecer sobre as últimas tendências em inovação para criar softwares alinhados com as demandas mercadológicas.


Um mesmo saber pode ser adaptado para contextos inovadores desde que haja demanda!

Assim, a acessibilidade digital aumenta a visibilidade do seu negócio, o que pede por profissionais capazes de realizar boas entregas. 


Um site acessível pode ampliar sua performance econômica


Com a acessibilidade para site, seu modelo de negócio vai conseguir impactar uma fatia maior do mercado.

Além disso, negócios que se adaptam aos tempos da Revolução 4.0 exercem um importante papel para aquecer a economia. É um ganho para diversas partes interessadas!

O Perto Digital oferece recursos que agregam inclusão digital em empreendimentos, alinhando ofertas com as necessidades das pessoas com deficiência.

Converse com nossa equipe e ative o acesso em seu modelo de negócios.



Comentarios


© 2024 Perto Digital. Todos os direitos reservados

bottom of page