top of page

Quais os tipos de deficiência que seu negócio acessível pode atender?


Ilustração minimalista mostrando a diversidade de deficiências em um ambiente de negócios acessível, com personagens representando deficiências visuais, auditivas, de mobilidade e cognitivas, utilizando as cores da marca Perto Digital.

Seu modelo de negócio acessível pode impactar bastante audiências diversas.

Afinal, nem sempre seu empreendimento vai entregar soluções para pessoas sem deficiência.


O cliente ideal é uma abstração! Todos os dias, sua empresa negocia com uma pluralidade de perfis de pessoas.


Em alguns casos, oferecer acessibilidade digital facilita a vida do consumidor e amplia as chances de vendas serem fechadas. Uma das primeiras e principais lições do empreendedorismo é perceber o problema do cliente de acordo com a perspectiva dele.


É ter uma estratégia para adequar sua solução às dores e contexto da sua persona.


Exercitar empatia é mais do que uma habilidade social. Agrega critério técnico e profissionalismo para seu jeito de empreender. Consolida um bom relacionamento com o mercado, fideliza clientes e gera um maior engajamento.


A oferta de um negócio acessível é a face humana de uma empresa. Portanto, o propósito deste artigo é apresentar os tipos de deficiência existentes.


O objetivo é apresentar com maior clareza os ganhos que a inclusão digital pode proporcionar para múltiplos perfis de públicos. É abraçar a diversidade e servir ao mercado com mais inteligência estratégica e foco. Transforme o cotidiano de quem prioriza sua marca!




Saiba mais sobre acessibilidade digital no texto “Como a acessibilidade digital afeta a inclusão e a diversidade”


Negócios acessíveis são bons para quais tipos de deficiência?


A ASID Brasil preparou um e-book chamado “Inclusão e Diversidade: um convite para conhecer as diferenças”. O time responsável pela obra é constituído por Edilayne Ribeiro, Leonardo Mesquita, Gabriela Bonet e Felipe Gruetzmacher. 


Saiba mais realizando o download da obra na aba Biblioteca Digital da ASID Brasil.


Em termos mais simples, a diversidade e as deficiência são assim divididas: 


  1. Deficiência física: afeta o corpo da pessoa. Pode ser um tipo de impedimento de membro, muscular ou genético. Pessoas assim necessitam de algum recurso para desempenhar ações na rotina. Podem ser cadeiras de rodas, muletas e triciclos. Há pessoas que não necessitam de nenhum recurso e, no entanto, apresentam dificuldades para se deslocar. Nem sempre a deficiência física é aparente.


  1. Deficiência auditiva: os graus de deficiência auditiva são variados. Há pessoas com deficiência auditiva que são sinalizadas, elas usam língua de sinais, Libras. Uma pessoa com deficiência pode usar Libras como primeira língua e o português como segunda língua.

  2. Deficiência visual: é o comprometimento parcial ou total da visão. Pessoas com baixa visão podem ler textos com letras ampliadas ou usar softwares específicos para essa ação. Alguns recursos para esse contexto incluem bengalas, piso tátil, audiodescrição e leitores de telas.

  3. Deficiência intelectual: são alterações no desenvolvimento intelectual. Isso se reflete no comportamento e na forma de se expressar. Há boas práticas comportamentais que harmonizam a convivência e o diálogo, por exemplo.

  4. Deficiência psicossocial: é o comprometimento de funcionalidade a longo prazo provocado por transtorno mental ou intelectual permanente e grave. O transtorno psíquico afeta o comportamento pessoal. Exemplos seriam o transtorno bipolar, a esquizofrenia e a depressão grave. É importante dizer e reforçar que barreiras podem dificultar ainda mais a ação das pessoas no dia a dia.


Conheça a definição de barreira no texto “Como ser uma empresa inclusiva?”


  1. Transtorno do Espectro Autista (TEA): é um transtorno do neurodesenvolvimento que afeta a compreensão de conceitos abstratos, relacionamentos sociais, fala, expressões de emoções e figuras de linguagem. 



  1. Deficiências múltiplas: combinação de uma ou mais deficiências. Os recursos que proporcionam acessibilidade devem facilitar o cotidiano das pessoas e incorporar a universalidade. 


Portanto, com tanta diversidade na diversidade, seu negócio acessível pode entregar um valor incrível para esses públicos!


Sua solução pode ser de um nicho convencional como um restaurante ou uma fintech que facilita transações bancárias, por exemplo. Não importa seu modelo de negócio ou sua persona!


Se seu serviço e produto agregarem valor real, você precisa apresentar uma boa experiência digital. 


Isso significa site acessível e jornada do usuário acessível, por exemplo.


Invista em empatia e conexão através de negócios acessíveis!


A Perto Digital oferece um conjunto de plugins e ferramentas que transformam sua empresa num negócio acessível. Ganhe reputação, credibilidade, retorno financeiro e fidelização investindo em tecnologia e inclusão digital.Você vai impactar muitas vidas!

Converse com nossa equipe de vendas e conheça nosso diferencial.
















Comments


© 2022 Perto Digital. Todos os direitos reservados

bottom of page