top of page

Profissionais liberais e o marketing inclusivo - Parte 1


Ilustração minimalista de um profissional liberal planejando estratégias de marketing inclusivo, destacando o processo de brainstorming com um tablet digital em um ambiente de trabalho simplificado, utilizando as cores da marca Perto Digital.

O marketing inclusivo serve para pequenos negócios e profissionais liberais.


O propósito deste texto é definir o que é um profissional liberal, assim como apontar dicas para ele fechar vendas. Esses direcionamentos serão úteis para ativar um marketing que alinhe a proposta do profissional liberal e a pessoa com deficiência.


Afinal, a inclusão digital é responsabilidade de todos os modelos de negócios!


Além disso, serão descritos os benefícios do marketing inclusivo praticado na internet. O maior objetivo é ativar a força da sua oferta, agregar credibilidade, autoridade e atingir o coração dos clientes!


Conforme você pode perceber no decorrer desse texto, muitas dicas são suficientemente abrangentes para qualquer profissional liberal.


Você só precisa de um roteiro bem estruturado para acolher seus clientes, sejam pessoas com deficiência ou pessoas sem deficiência. Com esforços investidos numa direção estratégica, seu marketing será bem mais efetivo e trará resultados com mais velocidade.


Leia a definição de inclusão digital no nosso texto “Igualdade e Equidade: entenda a diferença e a importância de cada uma”


O que é um profissional liberal?


No texto “o conceito de profissão ‘liberal’” do site da CNPL (Confederação Nacional das Profissões Liberais) define o termo nas seguintes palavras:


 “é aquele legalmente habilitado a prestação de serviços de natureza técnico-científica de cunho profissional com a liberdade de execução que lhe é assegurada pelos princípios normativos de sua profissão, independentemente de vínculo da prestação de serviço”.


Noutras palavras, é um trabalhador com maior autonomia para exercer a profissão, pois tem formação técnica ou superior específica.


O exercício da profissão pode ser dado com ou sem vínculo empregatício. Mesmo assim, sempre será regulamentado por organismos fiscalizadores.


São exemplos:

  • Dentistas;

  • Médicos;

  • Jornalistas;

  • Advogados;

  • Arquitetos;

  • Corretores de imóveis;

  • Engenheiros;

  • Arquivistas.


Definição de conteúdo no marketing acessível


As informações que você posta no seu site e nas redes sociais são o seu conteúdo de marketing acessível. 


Então, o correto seria dizer marketing digital acessível! Motores de busca como o Google auxiliam o usuário a encontrar essas informações. Logo, você tem a missão de oferecer um conteúdo que pontua sobre sua proposta de negócios e serviços.


Assim, o próprio cliente vai entender melhor sua oferta e seus diferenciais. Um bom exemplo disso é um post num blog.


Por isso, seu site precisa ter recursos que facilitem a navegação por um usuário com deficiência. Assim, seu site poderá estar ranqueado nas primeiras páginas dos motores de busca e do Google.


Isso aumenta as chances de você fechar negócios com seus clientes.


Funcionalidades que tornam seu marketing mais acessível são vantagens que posicionam melhor seu site nas buscas dos clientes. 


Defina seu público-alvo


Quem você atende? Qual é o tipo de cliente que procura seus serviços? A partir dessa definição, é possível criar uma comunicação mais clara e uma direção estratégica.


Agora, você pode planejar seu conteúdo para o consumidor ideal.


Você deve apresentar informações que tirem dúvidas e esclarecem pontos sobre sua proposta de valor. Qual é o conteúdo que seu cliente procura no Google sobre seu negócio?


Como você pode interagir com ele e ganhar a atenção do mercado? A definição de um conteúdo claro passa pelos seguintes tópicos:


  • Identifique o seu cliente ideal;

  • Qual é a reação que você espera desse cliente? 

  • Qual é o conteúdo buscado pelo cliente? 

  • Como criar esse conteúdo? 


Um cliente que procura por “reformas de casas” pode ser o cliente ideal de um arquiteto, por exemplo.


Assim, o arquiteto pode criar um texto sobre dicas informando as vantagens de se reformar com o apoio técnico. A reação esperada seria que o cliente lesse o texto do blog.


Assim, ele entenderia a importância de se reformar com bons critérios e auxílio profissional. 


Invista no seu marketing acessível!


Você precisa reservar um dia e um horário para criar esses materiais.

Pense nisso como uma forma de divulgar seu negócio e sua marca. Tempo é comunicação!


Ativar a curiosidade das pessoas é ganhar a confiança delas e fechar vendas!


Você mesmo pode ser responsável pela criação e divulgação desses materiais ou contratar algum profissional de marketing para este objetivo.


Tenha sempre um conteúdo relevante e atualizado para impactar seu mercado! 

Quais são as vantagens das funcionalidades que agregam um fácil acesso ao seu site?


A navegação digital que acolhe pessoas com deficiência permite que você consiga uma fatia maior do mercado. Coloque seu site no centro das atenções!


Dessa forma, você construirá um mercado de clientes e fãs do seu marketing acessível. Essa estratégia é fundamental para seus clientes avaliarem as informações que você disponibiliza para um constante aprendizado.


Até porque clientes com deficiência podem trazer ideias novas para o seu negócio e marketing! Diferentes perspectivas geram inovação!


Um marketing digital e acessível que atinge o coração da clientela!


A Perto Digital disponibiliza tecnologias, funcionalidades e plugins para deixar seu site, documentos eletrônicos, áudios e textos mais acessíveis.

Gere conexões mais genuínas com a sua comunidade de consumidores, construa contatos e aprimore seus serviços e comunicação.


Contar com a opinião sincera do seu público é o verdadeiro diferencial competitivo!

Converse com nossa equipe de vendas e nossos consultores para conhecer nossa proposta.


Comments


© 2022 Perto Digital. Todos os direitos reservados

bottom of page