top of page

Como criar um design acessível?


Estação de trabalho criativa com tela de computador exibindo gráficos coloridos em um escritório moderno e organizado.

A oferta de um design acessível amplia as chances de um produto digital, site ou aplicativo conquistar mercado. 


Como pessoas com deficiência representam uma fatia do mercado bastante expressiva, a acessibilidade pode ser uma vantagem competitiva nos negócios.

Usuários com deficiência usam conteúdo digital de maneira diferente do que o restante da audiência. 


Portanto, o design acessível é imprescindível para que todas as pessoas possam usufruir da navegabilidade e usabilidade.


A acessibilidade é uma prioridade para qualquer modelo de negócio. Portanto, este texto apresentará boas práticas para desenvolver um design acessível em produtos digitais.



O design acessível é o começo de qualquer projeto!


Em muitos contextos, a acessibilidade digital é encarada como uma questão técnica.


Em função disso, times de designers exercem um papel fundamental para que a inclusão não fique restrita à técnica. A experiência digital deve priorizar a equidade. Quando os designers consideram a acessibilidade, eles podem identificar barreiras e impactos no uso.


Problemas comuns de acesso identificados nos testes ou desenvolvimento se originam no design. São exemplos desses problemas:


  • formulários poucos acessíveis;

  • ausência de controle para conteúdos em áudio ou vídeo.


A incorporação da acessibilidade no trabalho evita revistar projetos concluídos para solucionar problemas.


O que fazer para incorporar o design acessível nos seus projetos?


Os designers devem garantir que a acessibilidade esteja em todos os aspectos para que todos possam usufruir do conteúdo digital. Projetar para satisfazer as diversas necessidades do público é o fundamento de qualquer boa prática.


Dessa forma, como os designers podem iniciar esse trabalho?


  • Aprimore suas habilidades com treinamento específico: o profissional deve assimilar um conjunto de conceitos básicos antes de iniciar o trabalho. Ferramentas e plugins podem ser um apoio para superar barreiras de acessibilidade. Mesmo assim, desenvolver conhecimento próprio sempre será o primeiro passo para abordar projetos a partir da acessibilidade. Os cursos são adequados para essa finalidade são:

  1. experiência do usuário (UX);

  2. design de interface do usuário (UI)

Reservar um tempo para aprender como o usuário com deficiência lida com conteúdo digital é outra boa opção. Assistir aos vídeos educativos da W3C é um bom ponto de partida.


Esse conhecimento fará você ter uma escuta ainda mais ativa para entender as demandas do usuário. Empatia é a chave para criar um bom design!


  • Uso de ferramentas para incorporar a acessibilidade no design e demais processos: Se você construir um bom conhecimento sobre acessibilidade, você evitará erros mais comuns. Mesmo assim, pode ser que obstáculos para a experiência digital plena sejam deixados de lado. Em virtude disso, você pode usar ferramentas para validar e revisar trabalho. Verificar seus próprios projetos é um bom método para desenvolver habilidades, o que ajuda a evitar erros. O Perto Digital oferece serviços de diagnóstico em acessibilidade digital e relatórios periódicos para facilitar suas tomadas de decisões. Afinal, a acessibilidade digital incorporada no design só acontece quando você tem dados e resultados.


  • Procure feedbacks de profissionais envolvidos com acessibilidade: Com conhecimento e ferramentas, você poderá oferecer experiências práticas e envolventes. Apesar disso, sempre é válido ouvir o feedback de mais especialistas.

Nesse contexto, o diagnóstico entregue pelo Perto Digital pode ser de grande valia. Afinal, produtos e serviços como sites e aplicativos podem gerar um tremendo desconforto para o usuário se não forem acessíveis. Ouvir a opinião técnica é um caminho para que seu design esteja em conformidade com os padrões acessíveis.

Além disso, é uma oportunidade para aprender e adquirir novas habilidades.


Conte com o Perto Digital para incorporar o design acessível


O trabalho voltado para que seus projetos tenham design acessível não deve comprometer seu orçamento.


Da mesma forma, contar com o apoio e feedback de um time especialista precisa caber no seu bolso. Até porque a acessibilidade digital é um processo de melhoria contínua. Cada vez que sua empresa amadurece, novos desafios vão surgindo.


Entregar uma experiência digital acolhedora para pessoas com deficiência envolve atualizações e aprimoramentos constantes.


Em função disso, o Perto Digital oferece soluções em inclusão digital em planos adaptados para a sua realidade financeira. Empreendimentos de sucesso conseguem atingir um equilíbrio entre demandas de design acessível e recursos financeiros disponíveis.


Assim, o acesso digital incorporado no seu negócio com critério técnico pode significar uma inovação tremenda para sua marca.


Afinal, ser inclusivo é aprender sempre. Suas soluções entregues para seu nicho atingirão mais clientes, o que significa feedbacks e possibilidade de iterar com o mercado.


Escolha o melhor plano adaptado para seu contexto e seja um empreendimento cada vez mais acolhedor. 




Komentáře


© 2024 Perto Digital. Todos os direitos reservados

bottom of page