top of page

Acessibilidade tecnológica e as profissões do futuro


Bola de cristal mostrando símbolos de futuras profissões e acessibilidade universal, simbolizando como a acessibilidade tecnológica molda as profissões do futuro.

Como a acessibilidade tecnológica contribui para que todas as pessoas possam participar da Revolução Industrial 4.0? 


A digitalização da economia e o acesso à tecnologias modificam nosso cotidiano laboral. Como surge uma nova profissão? O que é uma profissão? De que jeito surgem as demandas do cenário 4.0? 


O post de hoje examina o conceito de “profissão”. O propósito é discutir a importância dessa definição num mercado cada vez mais faminto por inovações. 


Temas da sociologia das profissões ajudarão na construção de conhecimento sobre a temática.  


A associação entre a acessibilidade tecnológica e trabalho do futuro poderá responder muitas questões! Você vai saber porque as tecnologias acessíveis trazem mais equidade para o universo web.


Além disso, você vai entender como o acesso tecnológico contribui para conectar pessoas com as profissões do futuro.


O que é uma profissão?


O artigo científico “Florence e a teoria ambientalista: marcos da história à luz da sociologia das profissões” traz respostas. Uma profissão reúne esses aspectos principais:


  • exige um conhecimento específico para resolver um problema da clientela. Um exemplo é o conhecimento do nicho da enfermagem;

  • o Estado legitima a profissão por meio de normativas. Noutras palavras, o Estado reconhece a profissão como legítima;

A profissão é consolidada juntamente com a necessidade do cliente que resolve. Além disso, o conhecimento do profissional é institucionalizado.

Ou seja: Universidades e o ensino superior são as instituições que fornecem saberes para o estudante que vai ingressar nas áreas profissionais. 


Assim, essas mesmas instituições contribuem para que o saber seja legitimado e reconhecido como útil.


Acontece o credenciamento social. Assim, somente pessoas com diploma estão autorizadas a ingressar no mercado como médicas, enfermeiras, dentistas e assim por diante.


A palavra “profissional” designa um trabalho de excelente qualidade na linguagem do cotidiano. 


Já na linguagem da sociologia das profissões, o “profissional” é aquele que reúne os atributos citados acima. Qual a relação entre acesso em tecnologia, as características citadas acima e a Revolução digital?


Conexões entre acessibilidade tecnológica e profissões


A tecnologias acessíveis e sites que comunicam propostas de valor com maior clareza acabam conquistando mais clientes. Dessa maneira, o marketing surte mais efeito!


A inclusão digital simplifica e facilita a navegabilidade, contemplando pessoas com deficiência e demais públicos.


Até porque sites que incorporam a acessibilidade focam em oferecer uma experiência de acolhida online para todos os públicos! Graças ao marketing tão efetivo, marcas empreendedoras conseguem resolver uma dor do mercado, agregando credibilidade para as próprias equipes. 


Esse fato acaba consolidando a autoridade dos profissionais envolvidos nos times! 


A própria marca empregadora é lembrada como um bom lugar para trabalhar, já que valoriza o know-how dos profissionais. Como num ciclo virtuoso, a acessibilidade tecnológica impulsiona a entrada da empresa no mercado.


Outros negócios acabam sabendo quais são os profissionais mais cobiçados e o know-how mais valioso através desse ciclo virtuoso.


As necessidades sociais atendidas pelos profissionais 4.0 são reconhecidas como dores relevantes do mercado! A área de RH vai ter muito mais critério para selecionar os novos profissionais surgidos com a Revolução 4.0.


Pessoas com deficiência poderão acessar novos serviços inovadores surgidos com a digitalização da economia por conta da acessibilidade tecnológica. 


Assim, a qualidade de vida da população como um todo será impactada positivamente. Afinal, o consumo e a interação com as marcas empreendedoras é indispensável numa economia de mercado. Não há como sobreviver sem comprar!


Se as pessoas com deficiência podem consumir os serviços das profissões 4.0, elas conhecerão o trabalho delas.


Conhecer a existência de uma profissão e o que ela minimamente faz ajudam na escolha de um propósito laboral. Mais pessoas com deficiência poderão ser incluídas na economia 4.0 se acompanharem o progresso tecnológico e as novidades digitais. 


Desenvolver habilidades para o novo mundo só é possível com acessibilidade digital.


A empregabilidade de uma expressiva faixa da população pode ser incrementada!


Apoie o futuro do trabalho e lucre! Conheça a proposta da Perto Digital!


Para que sua empresa ganhe reconhecimento do público e pratique a inclusão digital, sua empresa precisa de acessibilidade tecnológica! A Perto Digital oferece soluções para que seu negócio ofereça uma experiência digital para todas as pessoas.


Converse com nosso time sobre nossa proposta de valor e colabore com o futuro das profissões 4.0.


Comments


© 2022 Perto Digital. Todos os direitos reservados

bottom of page