top of page

Acessibilidade Digital: Melhorando a Experiência de Usuários em E-Commerce


Arte em 2D com uma mulher de costas apontando para dois papéis com rostos desenhados.

Como o seu e-commerce pode atingir o público composto por pessoas com deficiência?

Neste artigo, você vai entender o grande diferencial em sites que são mais acessíveis. Confira os tópicos principais do texto:


  • O que é acessibilidade digital e qual é a importância nos e-commerces;


  • Resumo geral das principais diretrizes e padrões de acessibilidade;


  • Ferramentas úteis para agregar acessibilidade no seu site e-commerce.


O que é acessibilidade digital e qual é a importância nos e-commerces


O documento “A Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência Comentada” comenta sobre a importância da acessibilidade que meios de informação e comunicação. Em outras palavras, meios eletrônicos podem fornecer um acesso pleno para pessoas com deficiência através de adaptações.

Acessibilidade é uma ferramenta para ampliar a autonomia e facilitar a execução das tarefas das pessoas com deficiência no dia a dia. Desse modo, sites podem e devem acolher as particularidades dos usuários para promover a melhor experiência possível.


Uma pessoa com baixa visão pode não achar o botão de compra em um e-commerce, o que pode ser uma barreira para a compra. De forma semelhante, a mesma situação pode ocorrer com usuários de diferentes deficiências.


O cliente nem sequer pode achar o produto certo dependendo de como seu site oferece uma experiência de compra.

Por isso, pense em todos os detalhes e funcionalidades do seu e-commerce para acolher as diferenças e eliminar as barreiras entre a compra e o consumidor:


  • Como é que seu usuário com deficiência vai conhecer seu e-commerce?

  • A jornada de compra dentro do seu site é inclusiva?

  • Você testa todas as funcionalidades com usuários de diferentes deficiências para identificar se sua marca entrega uma boa navegabilidade?

  • O tempo de carregamento da página é ágil?

  • Todas as instruções e informações que seu cliente precisa saber para comprar estão numa linguagem acessível?

  • Sua tecnologia oferece mais do que uma forma de pagamento para contemplar diferentes públicos?

  • Seu e-commerce notifica o cliente quando a compra for efetuada em uma linguagem e formato inclusivo?

  • A compra no seu e-commerce é um processo rápido e prático, sem muitas burocracias ou formulários complexos?


É lógico que um e-commerce que oferece uma experiência de compra mais segura e intuitiva conquista mais usuários e fideliza clientes.


Pessoas com deficiência são clientes e constituem uma fatia muito expressiva da população brasileira. Além disso, se seu site for suficientemente simples de ser usado pode conquistar um público sem deficiência cada vez maior. Afinal, tecnologias que oferecem melhor usabilidade são boas para todos.


É provável que seu modelo de negócios conquiste e fidelize mais consumidores, o que acaba agregando relevância e ranqueando seu e-commerce em posições bastante vantajosas nos motores de busca e Google.


Resumo geral das principais diretrizes e padrões de acessibilidade


Existem documentos que trazem diretrizes e padrões gerais para garantir sites e espaços web mais acessíveis. Confira:


  • WCAG (Web Content Accessibility Guidelines): É o documento “Diretrizes de Acessibilidade para Conteúdo Web”. Está na versão 2.1, lançada em 05 de junho de 2018. Abarca recomendações com o propósito de tornar conteúdo web mais acessível para um maior número de pessoas com deficiência e pessoas idosas. O foco é a melhora da usabilidade geral.


As WCAG 2.1 foram desenvolvidas a partir de um trabalho colaborativo com pessoas e organizações de todo o mundo. Assim, o objetivo principal é fornecer um padrão compartilhado referente à acessibilidade do conteúdo online que satisfaça as necessidades dos usuários, organizações e governo em nível internacional.


  • ADA (Americans with Disabilities Act): É a tradução inglesa para “Lei dos Americanos com Deficiência”. O propósito é defender e resguardar os direitos civis das pessoas com deficiência em muitos aspectos da vida pública. Apresentam soluções para mitigar ou eliminar barreiras para uma comunicação simples e efetiva, afinal, a conexão é parte essencial da vida em sociedade. O próprio site da ADA lista exemplos de auxílios e serviços de comunicação:

  • Intérpretes de língua de sinais americana

  • Interpretação remota de vídeo

  • Anotadores

  • Materiais de impressão grandes

  • Legendas

  • Tecnologia eletrônica e de informação acessível

  • Outros serviços e ações similares


O site aponta critérios para selecionar meios de comunicação e serviços mais adequados para suprir as necessidades comunicacionais das pessoas com deficiência. São alguns exemplos:

  • É necessário analisar a natureza, a extensão, a complexidade, a situação da comunicação para selecionar os melhores métodos;

  • Estufe os métodos normais de comunicação da pessoa com deficiência.

Um exemplo é o braille usado pelas pessoas com deficiência visual;

  • Empresas e organizações sem fins lucrativos e abertas ao público devem testar os serviços comunicacionais e validar com os próprios usuários com deficiência.

No caso do e-commerce, seguir esses parâmetros e incluir adaptações específicas podem melhorar o relacionamento com o mercado e atrair consumidores.


Ferramentas úteis para agregar acessibilidade no seu site e-commerce


A tecnologia pode otimizar a performance do seu site, aumentar as vendas e a conexão com os seus clientes.


O Perto Digital oferece soluções que eliminam as barreiras comunicacionais do seu e-commerce, agregando acessibilidade e promovendo a inclusão digital.


Nossa proposta de valor consiste em adaptações específicas para cada usuário com deficiência, respeitando a especificidade de cada situação.


Nossa solução vai além dos parâmetros gerais da WCAG e da ADA, permitindo que o seu usuário tenha autonomia para adaptar o site conforme a sua necessidade específica.


Conheça o Perto Plugin


O Perto Plugin é uma solução para o seu site com mais de 40 recursos automáticos que o tornará mais acessível.


Com o Plugin no seu site os usuários podem escolher qual recurso precisam utilizar. Alguns dos modos disponíveis são Daltonismo, Dislexia, Epilepsia, TDAH, Bloqueio de Animações e muito mais.


Fale com os especialistas do Perto Digital e entenda como adaptar o seu site e proporcionar uma experiência acessível para os seus clientes.



Opmerkingen


© 2022 Perto Digital. Todos os direitos reservados

bottom of page