top of page

Acessibilidade digital e ODS 10


Ilustração de equipe diversa trabalhando em projetos de sustentabilidade, exibindo gráficos e ícones ambientais.


Qual é a associação entre iniciativas empresariais inclusivas e redução das desigualdades sociais?


Explorar o tema da conexão entre acessibilidade digital e ODS 10 pode gerar direcionamentos para


Nas linhas abaixo, você vai conhecer como a inclusão digital pode apoiar pessoas com deficiência a escapar da vulnerabilidade social. Uma economia constituída por modelos de negócios inovadores e inclusivos têm efeitos sociais muito positivos!


Mesmo que seu empreendimento seja convencional, ele pode optar pela acessibilidade digital. Isso significa participar dessa mudança social!


Portanto, todos os nichos do mercado podem colaborar com um mundo mais justo e sem barreiras. Afinal, se um modelo de negócios resolve uma dor do cliente, então, está cooperando para simplificar a vida dos consumidores.


Por isso, boas ofertas e propostas de valor devem ser acessíveis para atingir uma maior fatia do mercado.


Toda essa conexão com os clientes significa ampliação da qualidade de vida! Até existem estratégias para mensurar o desempenho social e a transformação entregue pelo seu empreendimento.


O seu sonho empresarial combinado com um universo web acessível pode atingir resultados fantásticos!


Conheça mais sobre esses conceitos citados lendo nosso texto:


O que é o ODS 10?


No texto “Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)” do site Pacto Global Rede Brasil, muitas definições são apresentadas.


No ano de 2015, a ONU propôs uma agenda de desenvolvimento sustentável, a Agenda 2030. Nesta Agenda, estão inclusos os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).


Esses objetivos são um esforço conjunto de países, instituições e sociedade civil para assegurar um mundo melhor.


Cada um deles lida com um tema específico. Uns lidam com direitos humanos. Já outros tratam de eliminação da pobreza, desigualdade, alcance da igualdade de gênero e fim das mudanças climáticas. 


O setor privado tem um papel essencial nesse processo como agente de disseminação de inovações e tecnologias. 


Além disso, ele pode engajar demais públicos como governos, fornecedores, consumidores e colaboradores. O ODS 10 trata do tema “Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles”.


No escopo do ODS 10, as seguintes metas são destacadas:


  • 10.2 Até 2030, empoderar e promover a inclusão social, econômica e política de todos, independentemente da idade, gênero, deficiência, raça, etnia, origem, religião, condição econômica ou outra.

  • 10.3 Garantir a igualdade de oportunidades e reduzir as desigualdades de resultados, inclusive por meio da eliminação de leis, políticas e práticas discriminatórias e da promoção de legislação, políticas e ações adequadas a este respeito.


Não há receita de bolo na aplicação dos ODS. O cenário mercadológico do Brasil depende de variáveis bem únicas para promover a inclusão das pessoas com deficiência.


Portanto, os modelos de negócios precisam estar adaptados às realidades nacionais, regionais e locais para consolidar um mercado inclusivo.


Da mesma forma, o Brasil promove a inclusão socioeconômica através de leis bastante alinhadas com o contexto nacional. A Lei 8.213 de 24 de Julho de 1991 é um exemplo.


Ela estabelece cotas para a inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho. 


Exemplos da combinação entre acessibilidade digital e ODS 10


Imagine o site de uma empresa incorporando acessibilidade digital. 

Essa empresa não precisa ter o propósito de trazer impacto social para alguma comunidade, por exemplo.


Do mesmo jeito, ela pode trazer resultados sociais positivos com um site fácil de ser manuseado por pessoas com deficiência.


Afinal, com a acessibilidade digital, ela vai atrair candidatos com deficiência para processos seletivos quando as vagas forem abertas. Isso é atender a Lei de cotas e a meta 10.3 do ODS 10.


Com a plena capacidade de acolher perfis diversificados de talentos e conectando pessoas com oportunidades, a iniciativa privada reduz desigualdades. 


Agora, se o negócios tiver reais propósitos sociais, a acessibilidade digital vai ampliar essa capacidade de mudar o mundo.


Uma startup que automatiza certos aspectos do atendimento médico e desafoga filas de pacientes pode contar com a inclusão digital.


Assim, esse modelo de empreendimento vai entregar muito mais saúde para pessoas com deficiência, por exemplo. Essa startup pode apoiar a redução das desigualdades sociais, pois saúde é fundamental para trabalhar. 


Participar do mercado como consumidor é, também, uma forma de reduzir as desigualdades sociais!


Se, por exemplo, um hospital tiver um site acessível, usuários com deficiência poderão encontrar o tratamento mais adequado. Então, neste último exemplo, o paciente não precisará de ajuda de terceiros para entender a dinâmica do espaço web. 


Isso significa uma experiência digital muito mais acessível, atrativa e acolhedora para todos os perfis de pessoas.


Logo, a inclusão digital e o acesso mais fácil são oportunidades de ativar autênticas mudanças sociais!


Apoie uma mudança global


Se sua empresa incorporar a acessibilidade digital através da tecnologia da Perto Digital, seu sonho empresarial será sinônimo de transformação!


Sua proposta de valor é uma oportunidade para impactar positivamente, seja qual for o nicho. Por isso, converse com nossos consultores e equipe de vendas.

Esteja mais Perto de construir um mundo melhor!



















Comments


© 2022 Perto Digital. Todos os direitos reservados

bottom of page