top of page

6 coisas que não podem faltar no site novo da sua empresa


Atualizar o site da sua empresa é essencial, mas reestruturá-lo pode ser uma tarefa mais complexa. Além de envolver planejamento, refazer o site da empresa envolve estratégias para deixá-lo funcional.


Quais os principais critérios que você deve levar em consideração na hora de reestruturar o seu site? Pense estrategicamente para ampliar sua presença digital, impactar a audiência e conseguir mais clientes para o seu modelo de negócio.


Confira 6 dicas indispensáveis para estar mais perto dos usuários e consolidar uma marca forte no mercado.


1- Experiência de Usuário (UX - User Experience)


Sites mais intuitivos e menos complexos oferecem uma experiência positiva e muito atrativa para as pessoas. Basta pensar em aplicativos/sites como o Instagram e o Whatsapp. A maioria das pessoas pode aprender a manejar as funções mais básicas em pouco tempo. O seu site deve incorporar os mesmos princípios e facilitar o cotidiano do usuário.


Um site com boa experiência do usuário é fácil de navegar, rápido para carregar, possui conteúdo relevante e é intuitivo. Isso ajuda a aumentar a confiança do usuário na empresa, melhorar a taxa de conversão e reduz a taxa de rejeição.


Além disso, um site com boa experiência do usuário também é mais bem classificado nos resultados de pesquisa, o que aumenta a visibilidade da empresa e a geração de leads. Em resumo, a experiência do usuário é um fator crucial para o sucesso de um site de empresa.



2 - Identidade bem definida


Todas as funcionalidades do seu site comunicam a essência da sua marca. É como se cada parte do seu espaço virtual contasse um pouco da história da empresa.


Comunicar a proposta de valor do seu negócio significa relatar o porquê da sua empresa existir. A Apple, por exemplo, investiu muito para endereçar um marketing poderoso capaz de fazer as pessoas acreditarem que é possível mudar o mundo através da inovação.


Não são apenas negócios. Empresas com forte identidade falam diretamente com os sentimentos, anseios, sonhos e desejos dos seres humanos. É como contar uma história bem atrativa e emocionante.


É, por isso, que as estratégias de storytelling são tão usadas para tocar de forma estratégica o público. Para quem não conhece o que é storytelling, aqui vai uma definição básica: é a arte de contar histórias usando enredo elaborado, narrativa poderosa e o audiovisual. O foco é persuadir o público e promover seu produto e/ou serviço.


3 - Textos estratégicos para SEO


Você perderá indexação no Google quando seu site for reestruturado. Assim, sua empresa pode perder posições e ranqueamento no Google. Por isso, você precisará agir estrategicamente para permanecer numa boa posição de busca e ser sempre a primeira opção do seu cliente.


Boas práticas para que isso aconteça envolvem escrita de textos e blog posts com palavras-chave que seu cliente busca. Alinhamento entre conteúdo e intenção de busca, criação de conteúdo útil, melhor performance do site e oferta de boa experiência para o usuário.


Acessibilidade é outro ponto importante para impulsionar o seu posicionamento digital. Afinal, se mais pessoas com deficiência visitarem seu site, seu conteúdo fica mais relevante, o que significa alcançar melhores resultados na busca.


4 - CTA específico


Você sabe o que é uma CTA, uma Call to Action? É a expressão “chamar para a ação” em inglês. Você, por exemplo, já deve ter ouvido um “compre agora” que os vendedores falam depois de explicar a proposta deles, certo? Esse “compre agora” é uma ordem sutil para estimular o cliente a dar o próximo passo, a compra.


Funciona como um “empurrão” dito numa linguagem suave para fechar um negócio.


Esse CTA pode variar muito, dependendo da situação. Um youtuber pode usar um CTA como “curta, comente e se inscreva no canal”, enquanto um post de Instagram pode pedir para você “curtir, comentar e compartilhar”. Um CTA pode ser usado para estimular pessoas a baixar um e-book. Muitas empresas disponibilizam materiais gratuitos para explicar melhor sobre a proposta de valor delas antes de fechar uma venda.


Logo, seu CTA precisa estar bem contextualizado com seu conteúdo e sua proposta de valor. A “chamada para ação” precisa ser bem específica e fugir de expressões genéricas demais como “ver mais” e “saiba mais”. A venda precisa ser bem direta e focar em expressões como “compre agora”. Mais especificidade e mais objetividade simplificam o processo.


Toda a venda precisa desses pequenos estímulos para acontecer. Um cliente com alguma deficiência não quer somente um site ágil, um blog profissional e um conteúdo relevante.


As palavras certas agregam muito nesta interação, porque a simplicidade na linguagem é sinônimo de acessibilidade.


5 - Carregamento ágil


Um site com carregamento ágil é fundamental para garantir a satisfação do usuário e melhorar o desempenho do site nos resultados de pesquisa. Quando um site demora muito para carregar, os usuários tendem a abandoná-lo e procurar outras opções. Isso pode resultar em uma taxa de rejeição alta e reduzir a eficácia do site em gerar leads e conversões.


Sites com carregamento mais rápido tendem a ter melhor classificação nos resultados de pesquisa do Google, o que aumenta a visibilidade da empresa e a geração de tráfego orgânico.


Imagens muito grandes e pesadas podem dificultar o carregamento das suas páginas. A seleção de figuras, fotos e vídeos precisa ser bem criteriosa para deixar o site mais funcional possível.


6 - Acessibilidade Digital


Agora, o que acontece quando seu cliente apresenta alguma deficiência ou dificuldade ao acessar o seu site? Como a sua marca vai lidar com essas situações?


Nesse momento, sua empresa deve oferecer acolhimento. Há diversas inovações e recursos que facilitam a navegabilidade das pessoas com deficiência. A acessibilidade em sites é sinônimo de maior pertencimento e conexão com o mercado.


Sites mais acessíveis dão maior autonomia e independência às pessoas com deficiência. Desse jeito, elas não precisam pedir apoio específico para amigos, familiares ou vizinhos para acessar informações.


O próprio site já é adaptado para atender as necessidades das pessoas com qualquer tipo de deficiência.


O Perto Digital oferece uma gama completa de plugins para deixar seu site o mais acessível possível. Assim, o próprio usuário pode usar a funcionalidade mais apropriada em função da deficiência dele.


Converse com nossos consultores para encontrar a solução mais adequada para o seu site.

Opmerkingen


© 2022 Perto Digital. Todos os direitos reservados

bottom of page