top of page

4 dicas para tornar suas redes sociais mais acessíveis

Dentre toda a sua audiência e seguidores, com certeza pessoas com deficiência fazem parte, afinal, segundo o IBGE cerca de 46 milhões de brasileiros possuem alguma deficiência, portanto, todo conteúdo que você publica tanto em seu site quanto em suas redes sociais deve ser planejado pensando nessas pessoas.


Você sabe o nome disso? Acessibilidade!


Por isso, a seguir queremos trazer 4 dicas práticas e que não necessitam de ferramentas externas para você colocar em prática e tornar as suas redes sociais mais acessíveis e proporcionar uma boa experiência a todas as pessoas, continue acompanhando:


Descreva as imagens dos seus posts


Nós sabemos que as pessoas tendem a ser muito visuais, portanto, imagens são fundamentais nas redes sociais. Agora imagine se uma pessoa cega ou de baixa visão acaba acessando seu post e a imagem não se encontra acessível a ela, dessa forma, você acaba afastando e perdendo um potencial cliente.


Quando você torna uma imagem acessível, você amplia o seu alcance, portanto, é aí que entra a importância de realizar a descrição de imagens em seus posts.


Essa descrição pode ser feita na legenda do post, com a #pracegover ou #pratodosverem (essa nós utilizamos). Ou ainda através do campo “texto alternativo”, que fica oculto nas configurações das redes sociais, como Instagram, Facebook e LinkedIn.


Dica: uma boa descrição de imagens deve descrever exatamente o que a imagem está transmitindo. Ou seja, descreva o que você vê na imagem, como: as cores, o layout, o texto, como se posiciona o texto, tipo da fonte, se houver pessoas, a cor da pele, cabelo, nariz, se usa óculos, se tem bigode, etc.


Seja claro e breve nos textos


Pessoas que possuem deficiência visual durante sua navegação na internet utilizam leitores de tela, portanto, quanto mais simples o texto, melhor será a leitura feito pelo leitor de tela, e consequentemente o entendimento do usuário.


Além de proporcionar um melhor entendimento para esses usuários, irá auxiliar no entendimento de pessoas com deficiência intelectual, como autismo e dislexia.


Utilize audiodescrição em seus vídeos


Outra ferramenta que deve ser explorada e utilizada é a audiodescrição, que nada mais é que a narração do que está sendo visto na tela, para que as pessoas que possuem deficiência visual possam visualizar a imagem em sua mente.



Porém, lembre-se que uma audiodescrição não se restringe somente às características da imagem. Ela também tem como missão traduzir gestos e expressões das pessoas envolvidas na cena, fazendo assim com que as pessoas com deficiência visual possam sentir as mesmas sensações que as demais.


Fale pausadamente


Se for utilizar posts em formato de vídeo, se atente a dicção da pessoa que está atuando e a velocidade da fala. Esse é um ponto que precisa de atenção e é mais comum do que se imagina.


Fazendo as adequações necessárias, além de melhorar a qualidade dos vídeos, você ainda ajuda pessoas com deficiência auditiva a fazerem leitura labial.


Comece hoje mesmo a tornar suas redes sociais acessíveis


Apresentamos acima 4 dicas para tornar as suas redes sociais mais acessíveis, o que você achou? Esse conteúdo foi útil?


Comece colocando em prática e suas redes sociais se tornarão mais acessíveis, dessa forma você proporcionará uma boa experiência a qualquer usuário.


Compartilhe esse material com outras pessoas, assim elas conhecerão a importância de tornarem a acessibilidade nas redes sociais um hábito e também tornarem suas redes sociais acessíveis!

留言


© 2022 Perto Digital. Todos os direitos reservados

bottom of page